terça-feira, 11 de março de 2014

Protesto contra corte no salário de professores acaba em tumulto na Seec

O protesto contra o corte no ponto dos trabalhadores da educação em greve na Secretaria de Estado da Educação (Seec) na tarde de ontem culminou na detenção de dois membros do Sindicato dos Trabalhadores em Educação pública do Rio Grande do Norte (Sinte/rn). Os coordenadores do Sinte, José Teixeira e Fátima Cardoso, foram encaminhados à 5ª Delegacia de Polícia, em Natal, após mais de uma hora de protestos.

De acordo com a assessoria de imprensa do Sinte, um policial aplicou uma gravata em José Teixeira e o atirou no chão quando ele saia do Gabinete da Secretária de Educação. O coordenador teve o supercílio cortado e uma torção no pé. 

"Não entendo o porquê disso, nossa manifestação foi totalmente pacífica e estamos sendo tratados como criminosos", disse José Teixeira. "Bateram em um professor armado apenas com uma caneta e um apito", afirmou fotógrafo da assessoria de comunicação do Sinte, Lenilton Lima.

A secretária de educação, Betânia Leite Ramalho, discorda da versão publicada pelo sindicato de que ela teria chamado a polícia contra os educadores e se recusado a dialogar. 

"O que houve foi uma tentativa de invasão à Seec, mesmo ela estando resguardada por policiais. Os professores se excederam e o coronel Araújo, que estava à frente da segurança, os encaminhou à 5ª DP para prestar esclarecimentos sobre agressões que os professores teriam feito contra funcionários da Seec", disse Betânia. 

Em greve desde o dia 28 de janeiro, os educadores reivindicam o pagamento da correção salarial de 8,32% para 2014, além do déficit de 0,26% da correção de 2013, revisão do Plano de Carreira do Magistério, redimensionamento do porte das escolas e gratificação dos diretores, complementação na base salarial dos funcionários da educação e convocação dos concursados.

*Informações do jornal O Mossoroense


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Petrus Estúdio - Projetado por: Pedro Júnior