quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Governadora prestigia lançamento do livro ‘Flores que encantam o Brasil’


A governadora Rosalba Ciarlini prestigiou, na noite desta quarta-feira (20), o lançamento do livro ‘Flores que encantam o Brasil’, de autoria do presidente da Academia Norte-riograndense de Letras Diógenes da Cunha Lima, com sua filha a procuradora do Estado e fotógrafa Leila da Cunha Lima Almeida e com o também escritor Nelson Patriota. O lançamento da publicação faz parte da programação comemorativa aos 70 anos do livro ‘O Pequeno Príncipe’, do escritor francês Antoine de Saint-Exupéry, realizada pelo sistema Fecomércio, através do SESC/RN.

A chefe do Executivo Estadual enfatizou a determinação do advogado e escritor Diógenes da Cunha Lima para conservar o baobá que teria servido de inspiração para as ilustrações do escritor francês ao visitar Natal entre as décadas de 1920 e 1930. “Este baobá que inspirou Saint-Exupéry e que tem sido a inspiração de Diógenes há tantos anos também faz parte da cultura do nosso Estado. Das suas raízes também brota a xanana, planta que é o símbolo de Natal, e que está nesse livro muito bem idealizado por Diógenes, Leila e Nelson, e que encanta a todos”, pontuou Rosalba Ciarlini, sobre a publicação que conta com imagens da natureza fotografadas por Leila da Cunha Lima Almeida com o auxílio luxuoso de poemas de Diógenes da Cunha Lima em uma edição bilíngue (português-inglês) traduzida por Nelson Patriota.

Diógenes da Cunha Lima ressaltou a felicidade em proporcionar um dia festivo em homenagem a obra d’O Pequeno Príncipe. “Se há um dia que enche o coração de um homem, para mim, este dia é hoje porque há 22 anos eu comprei este terreno para garantir que ela não venha a ser destruída pelo homem”, disse o escritor, explicando o que o encantou no livro lançado em parceria com a filha. “Minha filha ama fotografar e fez o registro de várias flores por todo o Brasil. Me encantei pelas imagens e decidi fazer um poema para cada uma delas. Assim, surgiu um livro muito especial”, finalizou.

Exposições de livros, quadros, contação de histórias, realejo e sarau músico-poético foram algumas das atividades que reuniram estudantes e curiosos em volta da árvore Baobá, localizada na rua São José, durante toda esta quarta-feira (20).

O Pequeno Príncipe é o segundo livro mais vendido e traduzido no mundo – só fica atrás da Bíblia. O livro já vendeu mais de 143 milhões de cópias e está presente em mais de 200 países. No Brasil, a obra começou a ser lida em 1945.

*Assecom-RN


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Petrus Estúdio - Projetado por: Pedro Júnior