quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Governadora solicita recursos ao novo ministro da Integração Nacional para construir duas adutoras de engate rápido nos próximos dias

A Governadora Rosalba Ciarlini solicitou uma audiência ao novo ministro da Integração Nacional, Francisco José Coelho Teixeira, para pedir urgência na liberação de recursos e intensificar as medidas de combate aos efeitos da pior seca que atinge o Rio Grande do Norte nos últimos 70 anos. A audiência foi realizada na tarde desta terça-feira (22), em Brasília/DF.

Acompanhada do secretário de recursos hídricos, Leonardo Rêgo, do presidente da Ceaern, Yuri Tasso, do deputado federal Felipe Maia e do prefeito de Pau dos Ferros, Fabrício Torquato, Rosalba Ciarlini apresentou ao ministro Teixeira, entre outros pleitos, o projeto para a construção urgente de duas adutoras de engate rápido.

Uma para ligar a cidade de Pau dos Ferros, que está em eminência de entrar em colapso de abastecimento nos próximos dias, ao sistema adutor do Alto Oeste (que parte da barragem de Santa Cruz, em Apodi) na altura da cidade de Itaú. Essa adutora tem 43 quilômetros e pode ser construída dentro de 60 dias, ao custo de R$ 13,5 milhões.

A outra adutora de engate rápido servirá para socorrer o abastecimento de água do município de Jucurutu, na região do Seridó. Ela tem 11 quilômetros e seria construída em, no máximo, 15 dias, ao custo de R$ 3.372 milhões, ligando a cidade à barragem Armando Ribeiro Gonçalves.

“Trouxemos os projetos das duas adutoras prontos e precisamos da liberação urgente do montante de R$ 17 milhões para executá-las o mais rápido possível”, disse a Governadora Rosalba Ciarlini. “O novo ministro é do Ceará, conhece bem a realidade crítica que estamos passando em todo Nordeste e tenho certeza de que nos próximos dias o nosso pleito será atendido”.

A Governadora também apresentou ao ministro Teixeira todas as ações que já foram executadas no Rio Grande do Norte a partir das decisões tomadas pelo Comitê de Combate aos Efeitos da Seca, criado pelo Governo do Estado em março de 2012, e que se reúne a cada segunda-feira. “Estamos dotando o estado de obras estruturantes definitivas para conviver com a seca no futuro, como a barragem de Oiticica, no Seridó”.

Outras medidas estruturantes listadas pela Governadora e já em execução no RN: 700 quilômetros de adutoras, 3.400 barragens submersas, 17 mil cisternas, 60 dessalinizadores recuperados, além da perfuração de mais de 200 poços em vários municípios.

“Vamos reunir a equipe de planejamento do ministério já nesta quarta-feira para atender o pleito da Governadora”, prometeu o ministro Teixeira, reconhecendo a urgência da construção das duas adutoras de engate rápido. 

Também estiveram presentes à reunião Adriano Pereira Júnior, secretário nacional de Defesa Civil e Paulo Lopes Varella Neto, diretor da Agência Nacional de Águas (ANA).

O deputado João Maia, coordenador da bancada federal do RN, justificou a ausência na reunião por estar em Belo Horizonte. Por telefone, o deputado garantiu à Governadora que vai reforçar o pleito feito por ela ao ministro Teixeira para que os recursos sejam liberados o mais rápido possível. A Governadora pediu ao deputado Felipe Maia, presente à reunião no Ministério da Integração Nacional, que transmita o mesmo pedido aos outros deputados federais do Rio Grande do Norte.

*ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL - ASSECOM/RN
*Foto: Adalberto/Ascom/MI/Divulgação


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Petrus Estúdio - Projetado por: Pedro Júnior