terça-feira, 27 de agosto de 2013

Corintiano preso em Oruro brigou no DF

Além de terem visto a sua equipe apenas empatar na partida contra o Vasco, em Brasília, pelo Campeonato Brasileiro, alguns torcedores do Corinthians se envolveram em confusão e briga com vascaínos e policiais dentro do Estádio Mané Garrincha. E na confusão, foram identificados seguidores "ilustres" da equipe paulista.

O jornal O Estado de S. Paulo divulgou um "flagrante" da participação de Leandro Silva de Oliveira, sócio da organizada Gaviões da Fiel e que foi um dos torcedores presos em Oruro, na Bolívia, por suposto envolvimento no disparo do sinalizador que matou o jovem boliviano Kevin Espada durante uma partida da Libertadores contra o San José-BOL.


Oliveira, que foi liberado por falta de provas no último dia 2 de agosto e retornou ao Brasil, aparece em imagens trocando agressões com cariocas e militares na partida do último domingo. O diário Lance! também divulgou a identificação de um outro corintiano, Raimundo César Faustino, vereador do município de Francisco Morato, a 48 km de São Paulo, participando da confusão e agredindo policiais.

De acordo com a publicação, Faustino, também conhecido como Capá, informa em seu blog oficial fazer parte do Conselho Deliberativo da Gaviões da Fiel e assume ser um dos líderes da entidade.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Petrus Estúdio - Projetado por: Pedro Júnior