quarta-feira, 3 de abril de 2013

Com medo de apelo religioso, ‘Pânico’ tira do ar o quadro ‘A Turma do Didi Maiscedo’

Depois de quatro semanas no ar, o quadro "A Turma do Didi Maiscedo", do "Pânico na Band", mudou de nome e de foco. Segundo o colunista Mauricio Stycer, do site "UOL", o humorista Marcio Lucio, que protagonizava o quadro, desistiu do personagem para evitar problemas ligados à religião.

Com inspiração clara em Edir Macedo, fundador da Igreja Universal e proprietário da Rede Record, o quadro mudou o nome para "Marcelo Sem Dente", em que o repórter Marcelo Rezende é o personagem que inspira o humorista.

Márvio Lucio conversou com o colunista e contou o porquê da mudança: “eu estava com freio de mão puxado. Religião é difícil. Meu conteúdo estava restrito”. Ao ser questionado sobre uma possível pressão para desistir do personagem, Carioca foi direto: "eu me antecipei".
O cenário continua com ambiente de um programa religioso, nos moldes do "Fala que Eu Te Escuto", e inclui a presença de um pastor que exorciza demônios presentes em aparelhos domésticos.
Durante o bate-papo, Marcio ainda lembrou da repercussão negativa provocada pelo quadro "Casa dos Autistas", exibido na MTV. “Ficou mal para o Marcelo Adnet. Imagina se eu cometo um excesso desses, mas falando de religião”, afirmou.
Ainda falando sobre religião, Carioca afirmou estar impressionado com o clima criado no Brasil após o pastor e deputador Marco Feliciano (PSC-SP) ser nomeado o presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara. “Esse clima de incitação religiosa assusta”, disse ele, que concluiu: “não vale a pena fazer humor com preocupação”.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Petrus Estúdio - Projetado por: Pedro Júnior