sexta-feira, 12 de abril de 2013

Brasil amarga queda para o 19º lugar no ranking

O presidente da Fifa, Joseph Blatter, divulgou o novo ranking
Zurique (AE) - Assim como se mantém em jejum de vitórias contra grandes potências do futebol mundial, a seleção brasileira continua despencando no ranking da Fifa. O Brasil caiu da 18.ª para a 19.ª posição da listagem da entidade, atualizada ontem, reflexo do momento ruim vivido pelo time nacional dentro de campo.

Essa é a pior colocação amargada pelo País desde a criação do ranking, em 1993, sendo que a possível saída do top 20, algo impensável até pouco tempo atrás, vem se tornando uma ameaça cada vez mais real. Com 909 pontos, o Brasil está apenas nove à frente da 20.ª colocada, a Dinamarca, enquanto a nação Bósnia e Hezergovina figura no 21.º posto, também próxima dos brasileiros, com 896 pontos.

O Brasil acabou amargando mais uma queda no ranking depois de ter empatado com Itália e Rússia, em dois amistosos realizados na Europa, e goleado a Bolívia, no último sábado, em Santa Cruz de la Sierra.

E, se os brasileiros continuam caindo, a Espanha se manteve no topo do ranking, com vantagem confortável sobre Alemanha e Argentina, que sustentaram respectivamente a segunda e a terceira posições. A grande novidade do top 10 foi a ascensão expressiva da Croácia, que saltou do nono para o quarto posto e igualou a melhor posição de sua história, obtida após a conquista do terceiro lugar na Copa do Mundo de 1998.

Vitórias obtidas nas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, contra Sérvia e País de Gales, levaram os croatas ao quarto lugar. Portugal, por sua vez, vem logo atrás depois de ter subido duas posições, fruto do empate com Israel e do triunfo sobre o Azerbaijão no qualificatório europeu para o Mundial.

Já Inglaterra e Itália caíram três postos cada uma e agora ocupam respectivamente a sétima e oitava colocações, enquanto a Holanda, que desceu uma posição em relação ao mês passado, figura no nono lugar. Já o Equador fez história ao pular de 11.º para 10.º, ultrapassando a Rússia (11.ª colocada), e pela primeira vez entrar no top 10, graças a triunfos sobre El Salvador e Paraguai.

Atrás de equatorianos e russos, Costa do Marfim, Grécia, México, Suíça, Bélgica, Uruguai e França completam, nesta ordem, o grupo dos 18 primeiros, logo à frente de brasileiros e dinamarqueses no ranking da Fifa, cuja próxima atualização será publicada no dia 9 de maio.



Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Petrus Estúdio - Projetado por: Pedro Júnior