quinta-feira, 21 de março de 2013

Senador José Agripino ataca: "Governo federal é insensível à seca do Nordeste"


Ao comentar a situação da seca que vive o Nordeste brasileiro, e mais especificamente o seu Rio Grande do Norte, o senador José Agripino (RN) criticou a falta de ação do governo federal frente à aflição que vive a região nordestina. 

"O quadro no meu estado é de extrema aflição, de desespero. O ganha-pão das pessoas está indo embora, mas existe uma completa insensibilidade do governo federal em relação ao tema. Age como se o Nordeste estivesse nadando de braçada", criticou o parlamentar potiguar.

O senador lembrou que na época em que foi governador do Rio Grande do Norte suspendeu todas as obras que estavam sendo construídas no período de seca para comprar alimento para a população. 

"Em tempo de seca eu parava tudo o que era obra e o dinheiro era para aplicar na emergência. Eu parava tudo e comprava alimento para fazer com que os mais pobres tivessem sustento. Até hoje o povo do meu estado se lembra do tal feijão de 'Jajá'", ressaltou Agripino.

Segundo o Sistema Integrado de Administração Financeira (Siafi), o governo federal editou por meio de medidas provisórias (MPs), para os anos de 2012 e 2013, R$ 3,1 bilhões para o combate à seca. Até agora, foram gastos apenas R$ 1,6 bilhão, ou seja, 53% do valor. Por falta de planejamento e excesso de burocracia, o país perdeu R$ 379 milhões do total reservado por meio das MPs por não terem sido empenhados na data certa.

Informações do Blog Panorama Político


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Petrus Estúdio - Projetado por: Pedro Júnior