domingo, 16 de setembro de 2012

Governo do RN anuncia construção de hospital para amenizar crise


A governadora do Rio Grande do Norte, Rosalba Ciarlini, anunciou nesta sexta-feira (14) a construção de um novo hospital público em Natal. Ela confirmou a nova unidade em entrevista ao G1 durante uma solenidade na Arena das Dunas, estádio que está sendo erguido na capital potiguar para abrigar jogos da Copa do Mundo de 2014.
O hospital, segundo Rosalba Ciarlini, servirá como uma tentativa de diminuir a demanda do Walfredo Gurgel, maior unidade de urgência e emergência do estado.
Rosalba Ciarlini indicou que o hospital terá cerca de 250 leitos de trauma e que deverá atender principalmente a zona Oeste da capital. O prédio será erguido no prolongamento da avenida Prudente de Morais, entre os bairros Pitimbu e Planalto. “O acesso será fácil. Será um local moderno, com toda a estrutura”, garantiu a governadora.
A construtora Andrade Gutierrez foi a vencedora da licitação, cujo contrato é na modalidade parceria público-privado. “Eles estão preparando o projeto, vendo os terrenos. No máximo no próximo ano, vão começar a construção”, disse.
Questionada sobre a crise na saúde do estado, Rosalba afirmou que as ações do governo estão dentro do cronograma, mas a problemática no setor municipal está causando a superlotação nas unidades estaduais. “Deságua tudo no Walfredo. Ontem eu passei o dia reunida com o pessoal da saúde. Precisamos saber para onde podemos transferir os pacientes”.
Na tentativa de conseguir hospitais parceiros, a governadora disse ter conversado com hospitais privados. Contudo, as pendências com a Prefeitura de Natal impediram as negociações. Ela também apontou a possibilidade de voltar a ter convênio com a Universidade Federal do Rio Grande do Norte, porém, não revelou se este será o caminho adotado. “Vou ter que encontrar uma forma de resolver isso enquanto a obra dos 100 leitos, prevista para ficar pronta em 60 dias, não termina".
Quanto às outras regiões do estado, a gestora afirmou que a Oeste está bem assistida pelo Hospital Regional Tarcísio Marques, em Mossoró, e o Hospital Dr. Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros, bem como as unidades do Seridó.
“A demanda é grande mesmo em Natal, na Grande Natal e nas cidades do Agreste e do Trairi. E nós já repassamos ao fundo municipal os 60% em recursos que cabe ao estado fornecer. O restante é dever das prefeituras”, concluiu Rosalba.


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Criado por: Petrus Estúdio - Projetado por: Pedro Júnior